CONFIRA

Novo tipo de buraco negro detectado

 


Através das ondas gravitacionais mais antigas e distantes que já atingiram a Terra.

Negro de massa intermediária já descoberto, e ele tem uma massa 142 vezes maior que a do nosso sol.

Buraco negro liberado por ondas gravitacionais, ou ondulações no continuum espaço-tempo, igualou a energia de oito sóis. E essas ondulações levaram 7 bilhões de anos para viajar pelo espaço e chegar até nós na Terra.

Chamado de massa “intermediária” porque sua massa é entre 100 e 1.000 vezes a do Sol. É mais do que a massa estelar (a massa das estrelas) e menos do que a dos buracos negros supermassivos.

Provavelmente aconteceu no momento em que os dois buracos negros se juntaram.

Detectores duplos do Observatório de Ondas Gravitacionais do Interferômetro a Laser da National Science Foundation nos Estados Unidos, bem como pelo detector de ondas gravitacionais de Virgo, na Itália.

Evento das ondas gravitacionais na revista Physical Review Letters e outro detalhando as implicações do evento no Astrophysical Journal Letters.

Formam os buracos negros supermassivos?” disse Christopher Berry, revisor do Conselho Editorial do LIGO Science Collaboration para o artigo de descoberta, em um comunicado.

Solar na sala”, disse Berry, que também é professor de pesquisa no Centro de Exploração e Pesquisa Interdisciplinar em Astrofísica da Universidade Northwestern.

Nascem quando uma estrela colapsa, ou nascem de um meio desconhecido? Há muito tempo procuramos por um buraco negro de massa intermediária para preencher a lacuna entre a massa estelar e os buracos negros supermassivos. A procura acabou. Agora, temos provas de que existem buracos negros de massa intermediária”, disse ele.

Décimo de segundo. As ondas se originaram de 7 bilhões de anos-luz de distância – a fonte mais distante delas até agora.

Observou o inesperado e levou a outro avanço.

Revolucionárias”, disse Berry. “Com essas descobertas de ondas gravitacionais, não demorará muito até que tenhamos dados suficientes para descobrir os segredos de como os buracos negros nascem e crescem.



FONTE: OVNI HOJE

Postar um comentário

0 Comentários